NÍNIVE OU TÁRSIS?

Publicado: maio 18, 2013 em Uncategorized

Imagem

“Veio a palavra do SENHOR a Jonas… dizendo: Dispõe-te, vai à grande cidade de Nínive… Jonas se dispôs, mas para fugir da presença do SENHOR, para Társis…”

Parece até um problema de comunicação, não é mesmo? Deus diz para Jonas: “…dispõe-te e vá pregar em Nínive!!!” e a Bíblia diz: “…Jonas se dispôs e foi para Társis…”

Será que houve falha na comunicação? Impossível! A Bíblia nos relata que Jonas entendeu bem a ordem e tentou ir para Társis a fim de FUGIR da presença do Senhor; e aprendemos algo muito importante aqui: Nós não queremos ir a Nínive! Nós não sentimos nenhum desejo de aparecer por lá! Nós não temos nenhuma capacidade de ir até eles, porque nenhum descendente de Adão acha compatibilidade entre os seus desejos e os desejos de Deus!

Nínive é símbolo da obra de Deus que deve ser realizada. Nínive é símbolo do grandioso número de pessoas que ainda não ouviu o Evangelho e que, talvez, esteja mais próximo de nós do que podemos imaginar. Nínive é a direção apontada pelo Senhor!

Mas há uma crise estabelecida aqui: Ir a Nínive significa deixar muitas coisas das quais amamos muito: Nossos conceitos, ou nossas ideias preconcebidas ou preconceituosas, nossa zona de conforto, nosso convívio familiar, nosso convívio com alguns amigos preciosos, o adiamento dos nossos planos, e etc, etc.

Em que pese às consequências, o inverso é óbvio e perigoso: Ir para Társis significa levar uma vida segundo o nosso coração, significa empreender um esforço na direção contrária – para “…fugir da presença do Senhor…”.

Em tese, o maior erro de Jonas foi o de imaginar-se em Nínive sem estar na força e no poder do Senhor!

E bem poderíamos dizer que temos muitos Jonas nas igrejas hoje – pessoas que poderiam estar realizando uma grande obra, mas não o fazem porque ainda não se viram com o Senhor da Seara ao lado.

Chegamos, então, a seguinte máxima: Somente nos envolveremos efetivamente no trabalho que Deus quer se partirmos no poder e na força dele! Jamais poderíamos pensar em obedecer à ordem do Senhor Jesus “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações…”, sem considerarmos a última parte do versículo 20: “…E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século…”.

Que Deus nos dê fé para vê-lo ao nosso lado na realização da obra DELE!

Pr. Élio Morais

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s