EU ESTOU OK, VOCÊ ESTÁ OK

Publicado: maio 18, 2013 em Uncategorized

positivoHá muitos anos atrás, por necessidades da vida secular e profissional, me interessei e me aprofundei um pouco, a partir de um livro que eu li, sobre uma vertente da Psicologia, extremamente interessante, que inclusive cheguei a dar palestras sobre ela, a Análise Transacional.

Por definição científica, a Análise Transacional é um estudo que enfatiza a capacidade do ser humano de modificar seus sentimentos, reações, pensamentos e escolhas através do autoconhecimento e também do seu desenvolvimento pessoal. Enfatiza ainda que a despeito do caráter, da personalidade, do histórico familiar e dos traumas, é possível ao ser humano reverter e quebrar muitos paradigmas.

Segundo, Thomas Harris, um dos psiquiatras criadores da Análise Transacional, e autor do livro que citei, há QUATRO ESTÁGIOS DO SER, e sempre estaremos vivendo um deles:

1) Eu estou ok, e você está ok – (está tudo certo comigo e com os outros também);

2) Eu estou ok, e você não está ok – (está tudo certo comigo, mas com os outros não);

3) Eu não estou ok, e você está ok – (não está tudo certo comigo, mas com os outros sim);

4) Eu não estou ok, e você não está ok – (não está tudo certo comigo, nem com os outros).

O que me levou a pensar novamente sobre esse assunto foi um VÍDEO que vi numa rede social, em que um profissional que faz retratos falados, convida alguns pares de pessoas, que são desconhecidas uma das outras e dele também, para conviverem algum tempo dentro de um estúdio; elas conversam bastante e o tempo é suficiente para que possam descrever as características uns dos outros. Logo em seguida, a primeira pessoa é chamada à sala onde está o profissional, que não a vê, pois está de costas, e essa pessoa começa a se autodescrever enquanto ele a desenha conforme a autodescrição. Num segundo ato, entra a pessoa que conviveu com a que acabou de se autodescrever e também a descreve para o profissional – todos os pares fazem isso.

O que se vê ao final são vários pares de desenhos das mesmas pessoas, mas, muitíssimos diferentes. Vou explicar: As pessoas que se autodescreveram foram implacáveis consigo, acentuando exageradamente os seus defeitos e esquecendo seus traços mais atraentes. Segue-se, então, uma emoção muito grande naqueles que se autodescreveram, ao perceberem que os outros os viam com muito melhores olhos do que elas mesmas, e tiram lições surpreendentes. Excelente o vídeo, vale a pena ver!

Pensando na máxima de que é possível reverter sentimentos ruins e quebrar paradigmas com os quais temos convivido durante muitos anos, entendo que é absolutamente determinante investigar em qual estágio nos encontramos, e lutar para que nossas heranças psicológicas não tirem o ok que temos em nós, e o ok que existe nos outros.

Agora, espiritualizando um pouco, o Senhor Jesus disse algo fundamentalmente importante:

“São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!” Mat. 6:22-23

Quão melhores seriam nossas relações se, especialmente, considerássemos aquilo que somos em Cristo Jesus!

“E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.” II Cor. 5.17

No Senhor Jesus podemos ver, sim, que está tudo certo conosco.

No Senhor Jesus podemos ver, sim, que está tudo certo com os outros; afinal, se os nossos olhos forem bons, todo o nosso corpo será luminoso.

Deus o abençoe!

Que você esteja ok como eu estou!

Soli deo gloria!

Pr. Élio Morais

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s