O PECADO NÃO VALE A PENA!

Publicado: maio 17, 2013 em Uncategorized

Imagem

 

Por diversos motivos!      

O primeiro, é que ele desagrada profundamente o nosso Deus, que é santo e totalmente separado de qualquer coisa errada – entristecemos o Senhor quando pecamos. O entristecemos, porque quando pecamos estamos fazendo a vontade do inimigo dEle e das nossas almas, Satanás.                    

O segundo motivo, é que os resultados do pecado são desastrosos. Quem pratica o pecado deixará de ter uma consciência pura diante de Deus, o remorso será um sentimento que constantemente estará presente, e os desdobramentos daquilo que fazemos de errado, muitas vezes, ou melhor, na maioria das vezes, escapam do nosso controle e tomam formas surpreendentes. Não vale a pena!                

O terceiro motivo, é que quem opta em viver na prática do pecado está assumindo um ônus altíssimo, pois “O SALÁRIO DO PECADO É A MORTE!”. Sempre na Bíblia o pecado está relacionado com a morte, e é muito simples de entender isso, pois o inimigo veio “PARA MATAR, ROUBAR, DESTRUIR.”              

 A palavra mais generalizada para “pecado” é hamartia, que, juntamente com seus derivativos, significa transgressões contra a moralidade, as leis, os homens e, claro, a Deus. O termo “pecado” vem do grego hamartia, onde pode significar também “transgressão”. No grego clássico hamartia encontra-se com o significado de “errar o alvo”, desde que o mundo é mundo. O resultado de hamartia é considerado hamartema, “FRACASSO”.               

Outro dia fiquei impressionado vendo um vídeo de pescaria na TV, em como o pescador preparava a sua isca. Chamou minha atenção em como ele cobriu a garateia (conjunto de três anzóis), com apetitosos camarões que definitivamente escondiam os pontiagudos anzóis. Aquela isca tinha um endereço certo: um esfomeado peixe iria avançar sobre ela na expectativa de que ali estava algo bom para ele. Foi fatal! O pobre do peixe caiu na armadilha. Ao abocanhar os apetitosos camarões ele foi fisgado pelos anzóis.                

Isso me lembra alguns versículos da Palavra de Deus, vejam:

“…cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte.” Tiago 1. 14-15

“Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça.” Isaías 59:2               

Quero encerrar essa reflexão com o refrão de uma música muito bonita de uma  cantora evangélica:

“Distante de ti senhor não posso viver. Não vale a pena existir!”                

Que seja esse o nosso pensamento! Amém!

Pr. Élio Morais

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s