QUANDO LAMENTAVELMENTE NOSSAS PALAVRAS NÃO REFLETEM NOSSA CRENÇA

Publicado: agosto 22, 2014 em Uncategorized

FALAR 1Não sabemos falar, essa é que é a verdade!

Precisamos aprender a fazê-lo, pois nos comunicamos mal, muitas vezes não expressando aquilo que gostaríamos, e noutras tantas comunicando aquilo que não gostaríamos de comunicar! O que acontece é que temos uma grande dificuldade ao nos expressarmos, porque em muitas situações somos reféns daquilo que estamos sentindo no momento em que falamos! Eu estou certo de que muitas vezes as nossas falas não refletem aquilo que de fato pensamos, tampouco, exprimem aquilo que mais valorizamos.

É absolutamente necessário diferenciarmos um adágio popular, que diz: “A boca fala o que o coração sente.”, de uma afirmação do Senhor Jesus, que diz: “A boca fala do que está cheio o coração.” Sei que poderá haver controvérsias, mas estou certo que essas frases são muitíssimo diferentes!

Nosso coração poderá estar cheio do temor de Deus, de virtude e boas intenções e, no entanto, num momento específico e inesperado, poderemos ter algum sentimento ruim a respeito de algo – algum sentimento não muito nobre. Somos seres humanos e totalmente susceptíveis a situações que poderão nos propiciar sentimentos não pouco recomendáveis.FALAR 7

Ao longo de nossa existência nossas falas sempre se caracterizarão por aquilo que vamos permitindo ocupar o nosso coração, isso é um fato inquestionável, e o Senhor Jesus sabia de fato o que estava dizendo. Vamos enchendo a nossa mente e o nosso coração de muitas coisas e sem dúvida nenhuma nossas falas exprimirão aos nossos interlocutores aquilo que está intrinsecamente fazendo parte de nossas vidas e permeiam o nosso viver.

Se queremos nos comunicar bem e expressar aquilo que está enchendo nosso coração, aquilo que de fato retrata os nossos valores e princípios, deveremos levar em conta algo que poderá servir de um verdadeiro divisor de águas na importante tarefa de reagirmos de forma adequada, coerente e equilibrada, o fato de que, infelizmente, há um desejo muito intenso e inerente no coração de todo ser humano de sempre responder, na mesma medida, uma ofensa que recebeu ou, em muitas situações, numa medida muito maior. Quando nossos interlocutores nos ofendem, nos encolerizam e nos entristecem, nossa tendência humana é de darmos um “troco”, que costuma ser de uma força extremamente desproporcional.

Um homem gentil e elegante jamais deve falar o que lhe “vem na telha” e, tampouco, deve exprimir um sentimento que não expressa rigorosamente os valores em que acredita e os princípios que norteiam sua vida, em que pese a situação ruim e inesperada que estiver passando.

FALAR 6Sigmund Freud, disse algo tremendo:

“Existem momentos na vida da gente, em que as palavras perdem o sentido ou parecem inúteis e, por mais que a gente pense numa forma de empregá-las, elas parecem não servir. Então a gente não diz, apenas sente”.

Há tanta verdade e sabedoria nessa recomendação! Não tem jeito, então sinta apenas!

O revidar o ultraje, seja em que nível for, está muito longe de ser uma ação bonita e louvável, ela pertence ao nosso homem natural, e é totalmente possível de ser evitada, se tivermos o maior e melhor aliado que alguém pode ter nesta empreitada: o Espírito Santo de Deus e as Suas maravilhosas consolações!

O homem gentil e elegante, maduro espiritualmente, jamais se tornará refém daquilo que lhe acontece ou do que lhe é dito. Seus sentimentos, reações e emoções não podem jamais ser em função do que os outros lhe fazem. O homem maduro espiritualmente deverá agir de forma equilibrada a despeito das circunstâncias, afinal ele é dono dos seus sentimentos e reações.

Há na palavra de Deus dois versículos que podem nos ajudar muito – são verdadeiras pérolas: O primeiro diz:FALAR 3

“Tens visto um homem precipitado nas suas palavras? Maior esperança há para o insensato do que para ele.” Prov. 29.20.

Somos exortados aqui a não precipitarmos em nossas palavras, a contarmos até dez ou até mil, porque não fazê-lo nos levaria a ultrapassar, com sobras, a insensatez do insensato!

O incrível William Shakespeare, disse:

“É melhor ser rei do teu silêncio do que escravo das tuas palavras”.

Invariavelmente, um homem precipitado nas suas palavras incorrerá em muitas dores e problemas, será um verdadeiro escravo daquilo que proferiu.

Mas o segundo versículo que quero destacar, diz:

“A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para saberdes como deveis responder a cada um.” Col. 4.6.                                    

FALAR 4Aqui somos exortados a nos expressarmos de forma sempre agradável – temperada com sal, e no processo de temperá-la teríamos tempo suficiente para refletir e responder com sabedoria a cada um. Não é sem motivo que o autor dos Provérbios vai dizer “A língua serena é árvore de vida” e o apóstolo Pedro vai nos dizer:

“Quem quer amar a vida e ver dias felizes refreie a língua do mal e evite que os seus lábios falem dolosamente.” 1 Pe. 3.10.

Que tenhamos sabedoria no falar!

Pr. Élio Morais

Anúncios
comentários
  1. Juliana Assis disse:

    Me faço aquela velha pergunta… Será que a carapuça serviu? ( rsrsrs)

    Muito bom o texto!

    “Sua fã”.

  2. Cláudio Oliveira disse:

    Muito oportuna esta reflexão, principalmente numa geração onde todos podem por “a boca no trombone” através da internet. E por não refletirem adequadamente, muitas pessoas se arrependem após terem comunicado seus sentimentos e opiniões. Lembro de um texto que diz: “se não for para edificação, não fale!”.
    Deus o abençoe meu pastor!

  3. Tania orelana Lima leao disse:

    Muito bom Pr que DEUS o inspire mais nas suas mensagens através do Espirito Santo

  4. Blenadja Mazullo disse:

    Pastor…
    Meu DEUS! Acredite. Há uma inspiração Divina nestas mensagens que o Senhor escreve. É incrível como retrata meu dia a dia e como tem enriquecido meu coração e minha mente. Algumas vezes me emociono, pois vejo DEUS falando para mim.
    Obrigada por ser este mensageiro maravilhoso para nós. Sua comunhão com DEUS deve ser incrível.
    Um abraço!

    • Querida Blenadja,

      Você me deixou emocionado com seu comentário. Fico feliz demais em ser instrumento de Deus na sua vida. Que Ele te abençoe e guarde! Na verdade minha comunhão com Deus está muito longe de ser a que Ele deseja. Careço demais da graça e misericórdia dEle.

      Um grande abraço pra vc e sua lindíssima família!

  5. Marcela Nunes disse:

    Pastor, como foi importante pra mim ler esta reflexão! Que Deus continue te usando…Abração!

  6. karine disse:

    Realmente como a mensagem de cristo é linda me fez pensa… será que estamos pensando antes de fala. como está escrito no livro de Tiago 1;19 Portanto, meus amados irmãos, todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.
    Muito boa essa reflexão. que o senhor jesus continue te iluminando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s